sábado, 4 de junho de 2011


Cansei.... Cansei de pintar os olhos com cores alegres, a lágrima não tem cor, nem cheiro... somente o sabor agridoce da saudade, do que não volta, o tempo que revolta Cansei de abafar soluços p'ra não assustar ouvidos, não são sonoros, nem pretendo fazê-los é em mim a marca que ficou, e ressoa no infinito Cansei de camuflar os sentimentos, hoje quero tudo de intenso, a verdade nua aos olhos serei eu a transparência em vida, atos reflexos de mim, quero a vida em plenitude, sem máscaras ilusórias Costuro no peito as dores do mundo dispo-me das taras e dos medos, dos vícios cotidianos, da omissão de ser e sou, tudo que sou sem pressa de ser Fico crua diante da vida, tela em branco para o artista, tela pincelada nas cores do desejo, na verdade pura da pele seco por fim as lágrimas e acalmo os soluços: Vai coração, segue em frente e descansa em paz!






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...