domingo, 19 de junho de 2011

‎"Tristeza me desculpe, saudade me perdoe,mas a minha ansiedade não resiste a beleza da vida. E eu quero amar, quero sair, quero viajar, não suporto a angústia, e para mim, a solidão tem cheiro de naftalina.Não adianta, eu e a tristeza não combinamos. Ela prefere o isolamento. Eu adoro os amigos. Ela quer o choro. eu prefiro rir, rio até de mim, em tudo ela vê tragédia, eu, oportunidades. Ela quer a prisão, e eu a liberdade, ela ouve músicas que trazem lembranças, eu canto a esperança..."
vamos viver tudo que há para viver, vamos nos permitir 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...